Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala Virtual Acadêmica A (RE)CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE DIVIDIR NA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES: O USO DO JOGO COMO RECURSO METODOLÓGICO.

A (RE)CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE DIVIDIR NA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES: O USO DO JOGO COMO RECURSO METODOLÓGICO.

File A (RE)CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE DIVIDIR NA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES: O USO DO JOGO COMO RECURSO METODOLÓGICO - Cheila Francett Bezerra Silva de Vasconcelos
RESUMO DA AUTORA O estudo focalizou-se na investigação do processo de formação continuada dos professores que atuam na 3ª e 4ª séries do Ensino Fundamental da rede pública estadual, da região metropolitana de Alagoas. A formação continuada ocorreu no espaço do laboratório de Matemática, abrangendo as discussões acerca das estruturas multiplicativas, no que se refere às questões das idéias de cotição e de repartição presentes nos problemas de divisão e como referência os estudos dos Campos Conceituais das Estruturas Multiplicativas de Gerard Vergnaud e da construção de conceitos de Vygostky, admitindo-se o uso do jogo de sementes como recurso de contagem através dos agrupamentos aditivos e multiplicativos, mais especificamente durante as oficinas, de acordo com ações e atividades desenvolvidas. Em seguida, foram retomados os resultados das ações e da análise realizados pelos relatos orais e escritos dos professores sobre a utilização do algoritmo convencional, com a compreensão do processo de divisão por parte dos alunos. Obviamente, sem a sistematização e compreensão do processo da formalização da operação de divisão, e das idéias de cotição e de repartição de valores, apenas, desenvolve-se o algoritmo. Verificaram-se ainda as representações dos professores em relação à anotação do processo de apropriação do conceito de divisão e da efetiva transposição didática. A análise qualitativa das discussões e das reflexões gravadas em vídeos sobre o ensino e a aprendizagem dos professores fez com que as práticas fossem refletidas em procedimentos metodológicos direcionados para diversas possibilidades didáticas, por parte dos professores e, por conseqüência, a aprendizagem dos alunos.
Ações do documento