Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Segunda, 28 Setembro 2020 13:47
MOBILIZAÇÃO

Seduc promove Dia D da Busca Escolar na rede estadual

Evento ocorre nesta terça-feira (29) e visa conscientizar população acerca da importância da permanência na escola

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Professor Josenildo relatando experiências durante live da busca ativa Professor Josenildo relatando experiências durante live da busca ativa
Texto de Texto: Ana Paula Lins

A pandemia do coronavírus tem no distanciamento social um dos pontos chave para conter a disseminação do Covid-19. E a distância é justamente o maior desafio que a educação tem enfrentado para dar continuidade às suas atividades neste tempo de isolamento. E por isso, com o intuito de fortalecer o vínculo entre escola, estudante e família e conscientizar a sociedade acerca da importância da permanência na escola que a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promove nesta terça-feira (29) o Dia D da Busca Ativa. A ação também conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Escolas estaduais fazem busca ativa com as comunidades foto cortesia 3

Prática já recorrente na rede pública de ensino, a Busca Ativa consiste em garantir o acesso e a permanência dos estudantes na escola, recuperando alunos evadidos ou que nunca frequentaram o ambiente educacional. Nesta época de isolamento, esta estratégia tem sido fundamental para manter o engajamento dos estudantes com as atividades escolares, principalmente daqueles que moram em povoados distantes ou sem acesso à tecnologia.

Escola separa material para entrega em Teotônio Vilela foto cortesia

“Para que o estudante não perca o vínculo com a escola, as Gerências Regionais de Educação e unidades de ensino têm realizado uma força tarefa pra não deixar nenhum aluno pra trás, e, pra isso, utilizam diversas estratégias. Dessa forma, para fortalecer essa prática, a Seduc promove este Dia D para a divulgação de ações exitosas de Busca Ativa na rede estadual. O objetivo é conscientizar as famílias, mostrando que nenhuma criança, adolescente ou jovem deve ficar fora da escola”, afirma Dileusa Costa, gerente de Apoio à Gestão Escolar da Seduc e coordenadora estadual do Busca Ativa Escolar/Unicef em Alagoas.

Dileusa Costa coordena a Busca Ativa em Alagoas foto reproducao 2

Plano – Dileusa também informa que, a partir dos diagnósticos situacionais das escolas apresentados pelas Geres, a Seduc implementou o Plano Busca Ativa Escolar (BUSCAE), o qual vai  nortear os trabalhos pedagógicos durante e após a pandemia, de forma a garantir o acesso e permanência dos estudantes à escola e a uma educação de qualidade.

“O BUSCAE é uma estratégia que articula parcerias entre famílias, organizações locais, secretarias municipais, conselhos tutelares e ONGs, permitindo assim o planejamento cuidadoso da rede na busca de crianças, adolescentes, jovens e adultos à escola”, explica Dileusa.

Parceria – A parceria firmada entre Governo de Alagoas e a Unicef é um dos fatores que fortalecerá o processo de Busca Ativa no estado. A ação está inclusa em uma grande campanha lançada nacionalmente pela Unicef intitulada “Fora da Escola não Pode” e que conta com a participação de 17 estados – dentre os quais, Alagoas – e mais de 3.500 municípios. Por meio da plataforma buscaativaescolar.org.br, a Unicef também disponibiliza ferramentas e conteúdos formativos para ajudar as redes de ensino a combater a exclusão escolar.

“Busca Ativa é um trabalho feito com muitas mãos e não para nunca, devendo continuar inclusive quando as aulas presenciais voltarem, pois precisamos buscar não só quem evadiu, mas também quem nunca esteve na escola. E para ela ser efetiva, é necessário também atuar nas causas que causam o afastamento da criança, do adolescente e do adulto da escola, o que inclui, dentre outros fatores, problemas de saúde física e mental e violência. Temos que estar atentos sempre e a Unicef está à disposição do estado de Alagoas para tornar sua Busca Ativa ainda mais forte”, informa a oficial de Educação da Unicef para o Semi-Árido, Verônica Bezerra.

Dileusa também enumera as vantagens que a parceria com a Unicef trará para a Educação de Alagoas. “Vai fortalecer ainda mais nossas ações e esperamos que toda essa mobilização nos faça alcançar o maior número de estudantes possível. Além disso, a plataforma da Unicef conta com muitas oficinas e orientações para as redes”, complementa.

Casos de sucesso – Exemplos bem sucedidos de Busca Ativa foram tema live da Seduc realizada no último dia 24 e que, além de Dileusa, e Verônica, contou com a participação dos gestores escolares Valquíria Batista, da Escola Estadual Dorgival Gonçalves, de Campo Alegre e Josenildo Gomes, da Escola Estadual Otacília Jatobá Torres, de Igaci e da estudante Clarissa Atanazio, vice-presidente do grêmio da Escola Estadual Comendador José da Silva Peixoto, de Penedo.

Na ocasião, Valquíria, Josenildo e Clarissa falaram de experiências bem sucedidas de Busca Ativa em suas escolas e da entrega de material impresso para alunos em povoados de difícil acesso. Em comum, todas têm a busca por parcerias fora dos muros escolares. Para Valquíria, ela veio por meio da cooperação com a Prefeitura de Campo Alegre, Conselho Tutelar e alunos da própria escola, enquanto Josenildo encontrou a parceria nas igrejas, associações de agricultores e feirantes do município. Já no caso de Clarissa, a cooperação se deu na forma de um programa de rádio em uma emissora local.

“Também temos uma equipe abnegada de professores que fizeram contato telefônico com nossos alunos”, recorda Valquíria. “Nesse momento, nossa maior preocupação é conscientizar as famílias para que atuem junto aos nossos alunos de forma que não fiquem alheios às atividades escolares”, pontua Josenildo.

“Nossa escola buscou parceria com a Rádio Penedo porque entendemos que o rádio ainda é um veículo de grande alcance. Temos um programa que vai ao ar duas vezes por semana, com duração de uma hora, onde professores passam dicas para o Enem e tiram dúvidas”, diz Clarissa.