Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Segunda, 12 Fevereiro 2018 21:09
PIONEIRISMO

Estudantes destacam importância do ensino integral na sua formação

Alunos da Escola Estadual Marcos Antônio foram os primeiros formandos a concluírem todo o ensino médio nesta modalidade

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Alunos receberam formação diferenciada em três anos Alunos receberam formação diferenciada em três anos Valdir Rocha
Texto de Ana Paula Lins

“Aqui, vivi uma experiência única. Mais do que concluir o ensino médio, fui preparado para a vida”. O relato emocionado do estudante Adherbal Dias resume o sentimento dos 97 estudantes da Escola Estadual Marcos Antônio, no Benedito Bentes. Ele e seus colegas são os primeiros alunos a terem cursado todo o ensino médio no regime integral, tendo chegado à instituição em março 2015, quando a mesma começou a funcionar. Na quinta-feira (8), despediram-se da escola com uma cerimônia de formatura. Agora, seguem para uma nova etapa de suas vidas, levando consigo todo o conhecimento, amizades e momentos especiais vividos na instituição.

Com uma proposta inovadora que une jornada de estudos ampliada, ensino médio agregado a cursos profissionalizantes e uma aprendizagem mais ampla e diversificada, a instituição foi abraçada com entusiasmo pela população do Benedito Bentes. Pais e mães tiraram seus filhos de escolas particulares da região e apostaram no projeto. Três anos depois, garantem que não poderiam ter feito melhor escolha.

É o caso de Andira Cândido da Silva, que matriculou a filha Annierly na instituição. “Na época, era algo totalmente novo, mas resolvemos apostar no ensino integral, pois sabia que ela aprenderia mais. O resultado foi tão bom que depois também matriculei aqui meu outro filho, Adrian”, conta.

Annierly diz que amadureceu com o ensino integral foto valdir rocha 2

Annierly relata que, no início, foi difícil se adaptar à jornada ampliada de estudos e ficar os dois horários na escola. No entanto, com o passar do tempo, a instituição se tornou seu segundo lar. “Aqui aprendi muito com meus amigos e professores e cresci como ser humano. Fico feliz por saber que outros jovens também vão usufruir tudo o que tive aqui”, declara a garota.

Inâe e sua mãe Rosemary fotos Valdir Rocha

A possibilidade de ter uma formação profissionalizante atrelada ao ensino médio levou Rosemary Pereira da Silva a matricular a filha Inâe Rodrigues da Silva na instituição. “Além disso, aqui sabia que ela estava segura”, afirma. A garota conta que a escola motiva o aluno constantemente. “Aprendemos que somos o que queremos ser. Os professores também se tornaram amigos para toda a vida”, diz a jovem.

Rumo à universidade

O ritmo intenso de estudos e os diversos projetos pedagógicos que enriquecem o conhecimento também ajudaram os alunos a terem sucesso nos processos seletivos de acesso ao ensino superior, a exemplo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Tiago venâncio diz que estudar na escola foi a sua melhor escolha fotos valdir rocha 1

É o caso de Tiago Venâncio, aprovado em 4º lugar pelo sistema de Cotas no curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) logo na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). “A metodologia interativa, a dedicação e incentivo dos professores foram muito importantes para a minha aprovação. Ter me matriculado na Marcos Antônio foi uma das melhores escolhas que fiz na vida: aqui, abri minha mente e percebi o que queria para o meu futuro”, afirma Tiago, primeiro estudante matriculado na instituição em 2015.

eduarda quer ser pedsgoga graças à escola foto valdir rocha

Sua colega Eduarda Ferreira está confiante na conquista de uma vaga no curso de Pedagogia e diz que foi inspirada pelas gestoras da instituição. “O trabalho das diretoras Adenilma e Rosângela me fez querer uma carreira na educação. Se conseguir ser uma profissional como elas, estarei realizada”, diz Eduarda.

Confiança

As diretoras Adenilma Brandão e Rosângela Rodrigues não escondem a emoção pela formatura da primeira turma do ensino integral. Elas sabem que seus alunos vão enfrentar o ensino superior ou mercado de trabalho com uma formação diferenciada.

“Foram três anos convivendo juntos 11 horas por dia. Agradeço demais aos pais por terem acreditado neste projeto ousado e inovador e por terem nos confiado seus filhos”, disse Adenilma.“Nós nunca os veremos como ex-alunos: uma vez aluno, sempre aluno. Presenciar suas conquistas e vê-los chegar ao ensino superior é gratificante”, frisa Rosângela.

diretora adenilma brandão foto valdir rocha

O orador da turma, Abraão Anderson, foi um dos que apostaram na modalidade de ensino inovadora e não se arrependeu. “Teve uma época que pensei em parar de estudar para trabalhar, mas, na escola, percebi que os estudos eram a melhor escolha. Aqui, aprendemos a nunca desistir”, relata ao garoto, que aguarda chamada para o curso de Química.

IMG 3621

Confiança que também pode ser sentida na fala de Zilma Brandão, mãe do formando Matheus. “Sabemos que nossos filhos estão seguros, recebem acompanhamento e estão aprendendo. O ensino integral foi o que melhor poderia ter acontecido em nossa região”, comemora.