Notícia

EDUCAÇÃO

Secretaria de Estado da Educação de Alagoas
Quinta, 12 Outubro 2017 00:33
supletivo itinerante

Servidores públicos têm oportunidade de concluir ensino fundamental

Ação promovida pela Seduc beneficia servidores lotados em escolas da capital

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Além dos servidores públicos, o projeto supletivo itinerante também é aberto à comunidade Além dos servidores públicos, o projeto supletivo itinerante também é aberto à comunidade José Demétrio
Texto de Manuella Nobre

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizou, nesta quarta-feira (11), na Escola Estadual Princesa Isabel, no Cepa, as provas do supletivo itinerante para a conclusão do ensino fundamental voltado aos servidores públicos da pasta.

De acordo com a gerente de Modalidades e Diversidades da Seduc, Fátima Rebelo, além da valorização, a ação busca incentivar e oportunizar a conclusão do ensino médio.

(Foto: José Demétrio)

Os servidores não atendidos nesta primeira turma devem aguardar a próxima, prevista para o mês de dezembro. Os aprovados desta edição serão encaminhados para uma turma de Educação de Jovens e Adultos (Eja), para conclusão do ensino médio.

(Foto: José Demétrio)

“Este é um projeto ímpar e conseguir realizá-lo com os servidores da Educação é um grande avanço. Pelo levantamento temos, aproximadamente, 160 servidores da pasta na capital a serem contemplados. Pretendemos reaplicar as provas até que 100% deles sejam atendidos”, explica.

Agradecimento

Grande parte destas pessoas estão com idade avançada e não tiveram acesso aos estudos na idade certa. É o caso de dona Maria Creuza Messias da Silva, auxiliar de serviços diversos da Escola Estadual Salete de Gusmão, no Clima Bom, e do vigia da Escola Estadual Geraldo Melo, no Graciliano Ramos, Amaro Santiago Filho.

(Foto: José Demétrio)

“Eu sempre gostei de ler, estudei em casa, mas, para receber certificado, eu não tive oportunidade, pois morava no sítio. Depois fiz duas tentativas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), mas não consegui também. Quero esta certificação para concluir o ensino médio e a faculdade, e esta oportunidade foi maravilhosa”, declara Maria Creuza, comemorando a aprovação com 78% de acertos na prova.

“Eu tive a chance de ser formado, mas casei aos 15 anos, tive que cuidar da minha família e não estudei mais. Hoje estou tendo oportunidade de voltar”, comemora Amaro, que também pretende concluir o 3º grau.

(Foto: José Demétrio)

Supletivo Itinerante

Segundo a supervisora da Educação de Jovens e Adultos da Seduc, Mônica Sarmento, além dos servidores públicos, o supletivo itinerante também foi aberto à comunidade. A primeira aplicação ocorreu na última edição do Governo Presente, no município de Viçosa, em setembro, e será realizada mais uma vez em novembro, no Governo Presente, atendendo Piranhas e municípios circunvizinhos.