Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Comunicação Sala de Imprensa Notícias 2015 Novembro Estudante da Rede Estadual será jovem embaixadora de Alagoas nos EUA
07/11/2015 - 23h04m

Estudante da Rede Estadual será jovem embaixadora de Alagoas nos EUA

Ana Livya Almeida, aluna da Escola José Maria Correia das Neves, em Maceió, representará o estado no intercâmbio

Estudante da Rede Estadual será jovem embaixadora de Alagoas nos EUA

Manuella Nobre

A estudante do 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Dr. José Maria Correia das Neves, do bairro do Prado, Ana Livya Almeida Santos, foi a única alagoana entre os 50 brasileiros selecionados pela Embaixada Americana a visitar e representar Alagoas nos EUA pelo Programa Jovens Embaixadores 2016.

 

O programa oferece uma experiência de intercâmbio durante três semanas nos EUA, de 8 a 31 de janeiro próximo, a alunos de 15 a 18 anos de idade das redes públicas de ensino. Neste período, eles participarão, como representantes da juventude brasileira, de reuniões com autoridades do governo americano e outras lideranças da área social, visitas à Casa Branca e diversos pontos, dentre eles escolas, ONGs e museus.

 

Durante a viagem, os visitantes também terão a oportunidade de apresentarem suas regiões e, ao final, farão um plano de ação a ser implementado após retorno, na área de voluntariado.  

 

De acordo com a coordenadora do programa em Alagoas, Dileusa Costa, 188 estudantes alagoanos, de escolas públicas da rede estadual e de institutos federais, participaram da seletiva do Programa, que teve no total quase 14 mil inscritos em todo o país. 

 

“Nossos alunos tem um grande potencial e ver os sonhos serem realizados é gratificante. Como dizia Paulo Freire, 'a Educação transforma pessoas e estas, consequentemente, transformarão o mundo'", comemorou a educadora.

 

Participação - Autodidata em inglês, língua apreciada desde sua infância com apoio dos pais e voltada às causas sociais, com ações praticadas na escola e na sua comunidade, no mesmo bairro em que estuda, Ana Livya resolveu participar, pela primeira vez, da seletiva deste ano dos Jovens Embaixadores. 

 

“Estou muito feliz pela conquista e espero fazer boas amizades durante a viagem e me desenvolver enquanto pessoa, ajudando a melhorar o mundo em que vivo. Também acredito que a viagem ajudará a amadurecer minha decisão em relação ao futuro profissional”, declarou a jovem, que está em dúvida entre os cursos de Medicina, Arquitetura e a Odontologia. 

 

Ana Livya atribui a iniciativa da participação ao incentivo dos seus professores. Ao de Inglês, Ednelson dos Santos, que observou seu potencial durante a aula e a apresentou ao programa, e a de Língua Portuguesa, Silvana Gomes dos Santos, responsável por umas das cartas que referenciaram a estudante.

 

“Não foi difícil redigir, pois está conosco desde o 6º ano. Nós a conhecemos bem. É interessada, participativa, preocupada com o social. Além de excelente conhecimento, mantém bons relacionamentos, sempre disposta a contribuir. Ela está segura e nós confiamos no seu potencial”, pontuou Silvana.

 

A docente também acredita que a participação da aluna é um incentivo a outros jovens. “É uma excelente oportunidade, porque incute no jovem este compromisso com o social e a escola”, afirmou.

 

Imersão -  A Embaixada Americana oferece aos finalistas não selecionados como Jovens Embaixadores a oportunidade de participarem do “English Immersion USA” uma imersão no estudo da língua e cultura inglesa que será realizada em julho de 2016 em diversos estados brasileiros. 

 

Em Alagoas, o contemplado com a imersão também é aluno da rede pública estadual: André Henrique Araújo dos Santos, estudante do 1º ano da Escola Estadual Ciridião Durval, de Porto de Pedras. 

 

“Estar entre os finalistas foi uma grande vitória e vejo neste Programa uma chave para abrir várias portas. Participar desta imersão vai me propiciar mais autoconfiança e conhecimento”, concluiu André.

Ações do documento