Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Comunicação Sala de Imprensa Notícias 2012 Dezembro Projeto para pagamento de rateio a professores é encaminhado à Assembleia
12/12/2012 - 16h54m

Projeto para pagamento de rateio a professores é encaminhado à Assembleia

PCCs do Administrativo da Educação se encontra no Gabinete Civil e também encaminhado para a ALE; votação dos dois projetos deve ser realizada até sexta-feira, dia 14

Projeto para pagamento de rateio a professores é encaminhado à Assembleia

Secretário destaca importância dos projetos

Repórteres: Ana Paula Lins e Kassia Nobre

Foto: Valdir Rocha      

O projeto para o pagamento do rateio dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para os professores da rede pública estadual seguiu nesta quarta-feira (12) para análise da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE). Já o projeto do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos servidores administrativos da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) se encontra no Gabinete Civil para, em seguida, ser entregue na ALE. A estimativa é que os dois projetos sejam votados pelos deputados até a próxima sexta-feira, dia 14, antes do recesso parlamentar.

O pagamento do rateio vai contemplar os professores que estão na ativa, os monitores e os aposentados que pediram o afastamento no período de janeiro a dezembro deste ano. Assim, mais de sete mil professores da ativa e mil aposentados receberão o benefício ainda este ano. Para os professores efetivos, o benefício equivale a duas folhas e meia do salário atual da categoria, enquanto, para os monitores, o valor do  será referente aos meses trabalhados (folha de pagamento do 13º salário). Mais de sete mil professores da ativa e mil aposentados receberão o benefício.

“Até o final do mês, o professor vai receber  o 13º, o pagamento do mês e o rateio, o que significa mais dinheiro para o final do ano destes servidores. O valor será repassado na mesma conta bancária vinculada à folha de pagamento destes profissionais”, informou o secretário de Estado da Educação e do Esporte, Adriano Soares.

PCCs – Já o novo PCCS deve contemplar mais de seis mil servidores entre ativos e inativos. Para o secretário Adriano Soares, a implantação do plano representa a valorização do segmento dentro da Educação. “Estamos resgatando servidores que prestam serviços importantes para a SEE e que nunca tiveram uma política de recursos humanos antes. Acreditamos que, agora, eles terão estímulo para evoluir na carreira”, ressalta Soares.

Ações do documento